27 de abr de 2009

O que é TERAPIA OCUPACIONAL ?

A Terapia Ocupacional é uma profissão da área de saúde voltada para o estudo das atividades e ocupações humanas. Procuramos entender como as tarefas que realizamos no dia-a-dia como o trabalho, o brincar e atividades escolares da criança, o lazer e as rotinas de auto cuidado, nos ajudam a organizar o tempo e levar uma vida produtiva, que nos dá uma identidade pessoal, pois na verdade, somos aquilo q fazemos (Kielhofner, 1932). Quando as pessoas estão doentes ou apresentam distúrbios do desenvolvimento, não conseguem organizar suas rotinas diárias e fazer atividades que são típicas para sua idade e grupo social. Como resultado, podem se isolar ou se tornarem dependentes de ajuda externa, o que influenciará sua capacidade funcional, auto-estima e identidade pessoal.
O terapeuta ocupacional, como bem definido por Trombly (1993), capacita “pessoas para se dedicarem às tarefas, papéis e atividades que tem significado para elas no seu dia a dia e que definem suas vidas” (p.253). O terapeuta ocupacional pode usar recursos, como adaptações ou modificações no ambiente, que tornem o desempenho ocupacional mais eficiente, ou então usar métodos de estimulação e remediação, visando desenvolver habilidades básicas, como força, percepção visual e coordenação motora, que são essenciais para nossas atividades diárias. No caso da criança o trabalho é muito voltado para estimular o brincar, para que ela desenvolva habilidades sensoriais, motoras, cognitivas e sociais, e aprenda sobre si mesma e o mundo. É também essencial dar suporte para que a criança se torne o mais independente possível nas tarefas diárias, de se alimentar sozinha, tomar banho, se vestir, organizar seu material escolar, de forma que ela se integre nas tarefas e rotinas que são típicas de sua família ou cultura.
(De: Maria Cristina F. Lambertuci e Lívia Castro Magalhães)