15 de jun de 2011

O que é Terapia Ocupacional

De acordo com a Associação Canadense de Terapia Ocupacional “Terapia Ocupacional, como o nome indica, usa a ocupação para promover e manter a saúde, e prevenir ou remediar disfunções resultantes de enfermidades, lesões, envelhecimento, desvantagem social ou deterioração que resultem de incapacidades. Ocupação ser refere a qualquer atividade ou tarefa, necessária para o auto-cuidado (por exemplo, comer, vestir-se), produtividade (por exemplo, escola, trabalho, atividades domésticas) ou atividades de lazer (por exemplo, brincar, atividades de recreação). A ocupação é considerada essencial para saúde.” (Dezembro, 1994).

Assim, “Os serviços oferecidos podem incluir: orientação, educação, promoção de saúde, intervenção direta, adaptação no lar e no trabalho, prescrição de tecnologias assistivas e apoio à família ou cuidador dentro do sistema de saúde e social.” (Associação de Terapeutas Ocupacionais de Cingapura, 1998).

Geralmente, são encaminhados para este profissional, indivíduos que tiveram o seu cotidiano rompido por alguma questão (seja esta, de âmbito social, emocional, físico, ou outros), interferindo na possibilidade de agir de forma autônoma nas atividades de vida diária – AVD´s (alimentação, higiene pessoal, vestuário, etc) ou nas atividades de vida prática – AVP´s (trabalho, lazer, dentre outras), ou seja, de fazer o que querem ou precisam em sua vida, a fim de que desempenhem seus papéis da forma mais satisfatória.

O terapeuta ocupacional busca que o individuo possa adquirir maior autonomia possível no cotidiano, em suas ocupações, bem como, alcançar uma melhor qualidade de vida. Este profissional utiliza de atividades ou ocupações que sejam significativas para a vida do cliente, prezando suas necessidades e escolhas, e considerando os aspectos dentro de um contexto socioeconômico e cultural.

A revista US News & World Report, colocou a terapia ocupacional como uma das 50 melhores profissões em 2010, para maiores informações acesse: http://www.usnews.com/money/careers/articles 2009/12/28.

Por Marília Penna Bernal
Terapeuta Ocupacional
Crefito3-8702/T.O

Por que a Terapia Ocupacional é importante para o Autismo ?

Estima-se que 60 a 70% das crianças com TEA (Transtorno do Espectro Autista) apresente um distúrbio sensorial (Adamson, 2006). Estudos têm ...