26 de jun de 2009

Como amar uma criança verdadeiramente

Esteja lá. Diga sim sempre que possível. Deixe que eles batam tampas e panelas. Se eles são mau humorados, coloque-os na água. Se não são amáveis, ame você mesma. Perceba a importância de ser uma criança. Vá ao cinema de pijamas. Leia livro em voz alta e com prazer. Inventem prazeres juntos. Lembre-se como eles são pequenos. Dê muitas gargalhadas. Surpreenda-os. Diga não quando necessário. Ensine sentimentos. Cultive a criança que existe dentro de você. Aprenda como se tornar melhores pais. Abracem árvores juntos. Torne o amor seguro. Faça um bolo e coma-o sem as mãos. Saia a procura de elefantes e beije-os. Planeje a construção de um foguete. Imagine que você é mágico. Faça muitas cabanas com cobertores. Deixe seu anjo voar. Revele seus próprios sonhos. Procure pelo positivo. Mantenha o brilho no olhar. Mande cartas para Deus. Encoraje besteiras. Plante doces no seu jardim. Se abra. Pare de gritar. Expresse seu amor. Muito. Fale com gentileza. Pinte os seus sapatos. Manuseie com carinho. Crianças são extraordinárias.

Fonte: Apostila do Curso Baú de Ferramentas, com Diana Henry

Por que a Terapia Ocupacional é importante para o Autismo ?

Estima-se que 60 a 70% das crianças com TEA (Transtorno do Espectro Autista) apresente um distúrbio sensorial (Adamson, 2006). Estudos têm ...