23 de nov de 2013

Visão, Desenvolvimento, Atenção e Aprendizagem


Quando pensamos na influência da visão na aprendizagem normalmente nos referimos ao facto da criança ver bem ou mal, ou seja, à acuidade visual. Se for este o problema pode ser corrigido por um oftalmologista que poderá prescrever óculos.
Mas, na verdade existem outros componentes da visão que por vezes têm um forte impacto na aprendizagem e que são mais difíceis de detectar. São eles o controlo ocular, coordenação olho- mão e a percepção visual.
Quando falamos em coordenação olho- mão e controlo ocular estamos a referir-nos ao controlo dos músculos dos olhos para que estes possam trabalhar em conjunto com as mãos, mas também da estabilização do campo visual quando nos movemos para que seja possível correr a direito, marcar um jogador num campo enquanto corremos ou correr em direção de uma bola para lhe dar um pontapé. Referimo-nos ainda à perseguição ocular, ou seja, seguir um objecto em movimento, por exemplo para apanhar uma bola que nos foi lançada ou controlar o movimento dos olhos ao longo de uma linha durante a leitura. Controlo ocular refere-se ainda à capacidade para fazer convergência e divergência com os olhos ou seja trabalhar com os olhos em conjunto para por exemplo afasta-los quando olham para o quadro e aproxima-los para olhar para a ponta da caneta que está a escrever.
A percepção visual refere-se ao significadoque o nosso cérebro dá à informação que vemos. Fazem parte da percepção visual, para além da percepção de cores e formas, a percepção da figura fundo ou seja a capacidade de ver algo que faz parte de uma imagem maior ou mais confusa (por exemplo encontrar uma peça de um jogo ou destacar uma palavra ou letra num conjunto); a percepção da posição no espaço ou seja perceber o que está virado para cima, baixo ou lados (por exemplo distinguir o “b” do “d”); e a percepção das relações espaciais que nos permitem perceber a orientação dos objetos ou símbolos uns em relação aos outros (por exemplo a orientação dos traçados para reproduzir letras).
Nós precisamos de coordenação olho-mão,controlo ocular e percepção visual para realizarmos a maioria das actividades do dia-a-dia, por exemplo: jogar à bola, fazer umpuzzle, cortar com a tesoura, pintar, desenhar, escrever, copiar, atar atacadores, etc, etc. Quando a criança tem dificuldades relacionadas com qualquer um destes aspectos da visão pode apresentar desmotivação, atraso ou recusa das actividades atrás referidas e pode necessitar de ser ajudada.
Os terapeutas ocupacionais podem avaliar onde estão as dificuldades e desenvolver programas de intervenção em conjunto coma família e o jardim-de-infância ou escola.

Por que a Terapia Ocupacional é importante para o Autismo ?

Estima-se que 60 a 70% das crianças com TEA (Transtorno do Espectro Autista) apresente um distúrbio sensorial (Adamson, 2006). Estudos têm ...