20 de mai de 2010

Lindo !!!

A beleza de toda a a cena está justamente no fato do garoto que toca o banjo não ser ator. Ele é autista -- morava "por ali", onde o filme foi rodado -- e foi autêntico e natural tanto na alegria como na imediata apatia -- sem nenhuma representação.

Preparando-se para a Escrita: Descanse o Lápis e Vá Brincar nas Barras!

As mãos da criança são uma importante ferramenta para o aprendizado. Com as mãos, ela controla o mundo à sua volta, constrói e cria tudo qu...